Como aprender o pensamento crítico e melhorar o poder do cérebro

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Você é alguém que age com emoções? Você se encontra lutando para formar idéias ou se comunicar melhor? Todas essas coisas podem ser resolvidas quando você descobre como aprender o pensamento crítico.

Quando nos tornamos pensadores críticos, muitas vezes podemos transformar argumentos unilaterais em debates legítimos. Fornecemos nossos próprios pensamentos e opiniões de uma maneira que possa causar um impacto maior.

O problema é que aprender a se envolver em pensamentos críticos não é tão simples. Para ajudar, abordarei o que é o pensamento crítico e algumas habilidades e métodos que você pode aplicar para desenvolvê-lo.

O que é pensamento crítico?

A Fundação para o pensamento crítico tem uma descrição adequada para este conceito:

“O pensamento crítico é o processo disciplinado intelectualmente de conceituar, aplicar, analisar, sintetizar e / ou avaliar informações ativamente e habilmente coletadas de, coletadas ou geradas por observação, experiência, reflexão, raciocínio ou comunicação, como um guia para crença e ação. . ”

Em outras palavras, o pensamento crítico é o ato de coletar informações e processá-las de maneira que possamos tomar melhores decisões. Essas decisões são melhores porque temos uma compreensão mais firme de uma determinada situação.

Você pode achar a definição acima bastante prolixo, mas isso ocorre porque o pensamento crítico exige a aplicação de uma ampla variedade de ferramentas. Eles estão lá para lidar com qualquer tipo de informação lançada contra nós.

Por que o pensamento crítico é importante?

Agora que você sabe o que é, por que o pensamento crítico é tão importante? Por um lado, é diferente do nosso pensamento usual. Estamos parando e pensando deliberadamente nessas situações.

Esse tipo de pensamento fornece algumas vantagens sobre o pensamento regular:

1. Você pode se envolver com material além de um nível superficial.

Podemos formular opiniões mais fortes, o que nos permitirá ter discussões mais informadas. Isso é muito diferente de memorizar informações de artigos ou livros didáticos e depois regurgitar as mesmas informações.

Leia Também  10 melhores alimentos com baixa caloria que ajudam você a perder peso rapidamente

2. Você pode criar argumentos dignos.

Quando temos argumentos sólidos, podemos apoiá-los com mais confiança. Há uma diferença entre discutir um tópico com o qual não estamos familiarizados e um sobre o qual conhecemos e podemos apoiar.

3. Você pode avaliar melhor seu trabalho.

Uma vez que tenhamos uma ideia clara das partes fortes e fracas do nosso trabalho, podemos trabalhar para melhorá-lo. Isso pode mudar nossa vida, aumentar o desempenho e muito mais.

Como impulsionar o pensamento crítico

Com tudo isso em mente, quais são algumas das coisas que podemos começar a fazer para melhorar nossas habilidades de pensamento crítico? Voltando à frase que a FTC forneceu, podemos usar isso em relação a como aprender o pensamento crítico e melhorá-lo ao mesmo tempo.

O pensamento crítico envolve:

  • Conceitualizando
  • Analisando
  • Sintetizando
  • Avaliando

Essa informação que obtemos decorre de:

  • Observando
  • Experimentando
  • Refletindo
  • Raciocínio
  • Comunicação

Todos os itens acima guiam nossas crenças e ações. Usando esses pontos, aqui estão algumas atividades que você pode realizar regularmente para aprimorar as habilidades envolvidas no pensamento crítico.

1. Questione suas suposições

Os maiores inovadores foram as pessoas que pegam certas noções e suposições e as questionam. Pessoas como Newton e Einstein são pessoas que lembramos porque eram pessoas que tinham perspectivas diferentes, o que levou a algumas das maiores descobertas da história.

Esta é a centelha da inovação.

Embora não precisemos ser um Einstein moderno, é importante que analisemos nossas suposições e as questionemos de tempos em tempos.

O que está impedindo você de alcançar seus objetivos e sonhos? Seja qual for a resposta, comece a questioná-la e a avaliar suas crenças.

2. Estique seus processos mentais

Outra maneira de aprender o pensamento crítico é expandir seus processos mentais. Este é um método poderoso, porque os seres humanos são pensadores nascidos naturalmente.

O que quero dizer com isso é que nosso cérebro usa algo chamado heurística – atalhos mentais – para dar contexto ao nosso ambiente. No passado, nossos ancestrais usavam isso com grande vantagem para caçar ou lutar.

No entanto, na era moderna, onde tomamos decisões mais complicadas, isso se torna um problema. É por isso que votar pode ser um desafio, pois envolve muitas das habilidades e conceitos mencionados acima. Para chegar a uma conclusão realizável, precisamos esticar nosso pensamento e incorporar várias habilidades complexas.

Leia Também  The Lifehack Show - Fazendo a mudança acontecer com Anthony Trucks
cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

A idéia, então, é que você deve estar ciente de suas deficiências e procurar maneiras de eliminá-las. Isso significa que, quando você tiver uma resposta, examine seus preconceitos e pergunte por que chegou a uma determinada opção ou resposta.

3. Seja autocrítico

Dizem que somos o nosso pior crítico, e algumas pessoas vêem isso como algo negativo. Discordo que a auto-reflexão é um dos aspectos mais importantes.

A reflexão pode resultar de várias fontes, mas uma das mais importantes para nós é a auto-reflexão. Tudo o que importa é como você está moldando seus pensamentos.

Onde a maioria das pessoas se critica com críticas negativas, procuro me fazer perguntas. Por exemplo, posso perguntar: “Por que acredito nisso?” Isso me levará a uma resposta que eu possa abordar com críticas construtivas.

Quando você se pergunta esse tipo de pergunta, começa a crescer ao observar o que sabemos objetivamente e formular opiniões. Isso está afastando as informações do material técnico para formar opiniões através de processos de pensamento mais profundos.

Um aspecto final importante de ser autocrítico é a capacidade de estar ciente de seus preconceitos, pontos fortes, pontos fracos e preferências pessoais. Você pode usá-los para abordar situações de diferentes perspectivas.

4. Ouça ativamente

A escuta ativa é outro método para ser um pensador crítico melhor. Quando você ouve dessa maneira, dedica um tempo para processar tudo o que está acontecendo, incluindo idéias, argumentos, críticas e muito mais.

Isso é importante porque muitas pessoas ouvem outras pessoas para formular uma resposta ou reação. O problema é que ele usa seu poder cerebral e desvia a atenção do que está sendo dito.

Outra maneira de pensar na escuta ativa é escutar com empatia. Quando você lê ou ouve a perspectiva de uma pessoa, pode pegar essas informações e começar a analisá-las, em vez de obter uma resposta ou reação.

5. Avalie evidências e fatos

Outra parte de como aprender o pensamento crítico é através da avaliação. Como podemos avaliar adequadamente fatos e evidências? Simples. Comece questionando-o como temos feito até agora.

Comece analisando quem reuniu as evidências e como elas as fizeram. Por fim, pergunte por que eles fizeram isso em primeiro lugar.

Considere todos os estudos que você ouve nas notícias. Em alguns casos, os estudos podem ter um tamanho pequeno de amostra que não reflete a população. Ou talvez tenha sido financiado por uma empresa ou setor com interesse em fazer o estudo parecer bom. Você não saberá até começar a analisar o estudo e interpretá-lo você mesmo.

Leia Também  3 PASSOS PARA UM DIA MELHOR E 20% DE DESCONTO NA GRASS & CO´S - BLOG DE DOR DE costas no Reino Unido…

6. Pense por si mesmo

Tudo isso leva a ser capaz de pensar por si mesmo. Isso é importante para manter agora e seguir em frente. Afinal, estamos na era da informação e há muitas opiniões, pensamentos, idéias e informações em movimento.

É muito fácil ficar atolado com todas as informações que aparecem no seu caminho. Às vezes, pode ser tanto que você pode se perder e esquecer de pensar por si mesmo.

Ao mesmo tempo, você não quer ser tão confiante que ignora tudo. Traga opiniões e pensamentos de outras pessoas, mas verifique se a decisão final é sua e que está satisfeito com ela.

Também é importante avaliar cada situação para decidir se você precisa de fontes externas ou não.

7. Pense criticamente quando for importante

Ao descobrir como aprender o pensamento crítico, é importante entender que essa não é uma habilidade com a qual você se envolve constantemente sem descanso. Embora seus processos de pensamento possam às vezes atrapalhar, fazendo com que você queira alterá-los, é importante acompanhar o ritmo.

Pensar ainda requer muita inteligência, e se a exercitarmos constantemente, criaremos tensão mental.

Reconheça que o pensamento crítico nada mais é do que uma ferramenta. Use-o somente quando você tiver situações maiores ou mais difíceis às quais precisa responder.

Quando você estiver pensando criticamente, lembre-se de que pode cometer erros. Erros fazem parte do processo, e tudo bem. O importante é perceber isso e como eles começaram para evitá-los no futuro.

Pensamentos finais

O caminho para aprender o pensamento crítico não é tão difícil no papel, mas pode ser difícil na prática. Como você pode ver, é uma questão de analisar tudo com um certo nível de ceticismo e avaliar suas respostas.

Não é algo que pode acontecer instantaneamente, pois todos temos vieses e nossos próprios padrões de pensamento. O que importa é reconhecê-los e fazer ajustes aos poucos.

Tente usá-lo durante os períodos mais importantes. Quando exercitamos quando necessário, podemos começar a ver seus vários benefícios.

Ser um pensador crítico é uma jornada para toda a vida, mas é gratificante, pois sempre há mais informações disponíveis para aprender e desenvolver.

Crédito da foto em destaque: Oklahoma Academy Publishing via unsplash.com

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br