Game of Thrones: Como o papel de Melisandre como Sacerdotisa é essencial


Aviso: grandes spoilers para A Guerra dos Tronos adiante!

Quando se trata de fazer o impossível em A Guerra dos TronosMelisandre tende a estar bem no centro de tudo. Afinal, ela é a única que ressuscitou Jon Snow depois que ele foi assassinado por seu próprio companheiro Night's Watchmen. Durante a Batalha de Winterfell na noite de domingo, Melisandre chega novamente no momento certo, quando precisam de fogo para acender as trincheiras, e Daenerys e seu dragão não estão em lugar algum. Então mais tarde, empurrando Arya na direção certa para terminar a batalha da maneira perfeita. Sua chegada é, francamente, algo que deveríamos ter visto chegar – porque, sim, Melisandre é a coisa mais próxima A Guerra dos Tronos tem a uma bruxa, e que desempenhou um papel fundamental na série.

Tecnicamente, Melisandre é uma sacerdotisa do deus R'hllor, mas mais importante, ela é capaz de visões proféticas e é um "shadowbinder", um usuário mágico da distante cidade de Asshai. Ela é capaz de realizar proezas de magia negra, tipicamente envolvendo sombras dobradas (tanto normais quanto mágicas) para fazer sua vontade. Sua magia foi vista em vários pontos cruciais do show, especialmente quando ela "nascimento" uma sombra que assassina Renly Baratheon, e quando ela usa o sangue de Gendry em um ritual sombrio para amaldiçoar todos os inimigos de Stannis Baratheon e pretendentes rivais ao trono. Sua magia é frequentemente vista em contextos violentos, como quando ela convence Stannis a sacrificar sua filha Shireen.

A magia de Melisandre não é de todo ruim, no entanto. Depois de passar por uma mudança moral quando ela ressuscita Jon, ela apoiou tanto a causa como a de Daenerys, alegando que ambas cumprem a profecia do "príncipe que foi prometido". Na Batalha de Winterfell, ela chega e usa sua magia para criar fogo nas espadas dos Dothraki e ao redor do perímetro de Winterfell para deter o exército do Rei da Noite. Mais tarde, ela lembra Arya que ela pretendia "fechar os olhos para sempre", incluindo os olhos azuis, o que catapulta Arya a perceber que ela pretendia matar o Rei da Noite.

Quando tudo termina, somos lembrados de algo que aprendemos na sexta temporada: Melisandre pode parecer uma mulher glamurosa e relativamente jovem, mas quando ela remove seu colar mágico, seu verdadeiro eu é na verdade uma mulher velha e enrugada. Nos momentos finais do episódio, ela perde seu colar, afastando-se de Winterfell e em direção ao sol nascente, onde ela desaba e se desintegra em pó, tendo dito anteriormente no episódio que morreria antes do nascer do sol.

Ao longo de sua história, a magia de Melisandre sempre foi um tanto misteriosa e um pouco espiritual, em vez de simples, mais técnica, lançando feitiços. Sua magia era poderosa, mas sempre a serviço do que ela acreditava estar certo e do que o futuro deveria manter.

Sites que devem ser visitados também: